Association of Polar Early Career Scientists
 

To submit your poster to the APECS Virtual Poster Session, simply fill out the form and upload your poster as a pdf (Maximum File Size is 3 MB) .

Note: If your poster has been presented at a conference, please include the conference information so we can properly acknowledge the original presentation of this work.

Please read the Terms of Submission before submitting your poster.

Virtual Posters

Poster Title
CONCENTRAÇÃO DE MERCÚRIO (HG) EM SOLOS ORNITOGÊNICOS DE MACRONECTES GIGANTEUS (PETREL-GIGANTE-DO-SUL) E LARUS DOMINICANUS (GAIVOTÃO) DA BAIA DO ALMIRANTADO, ILHA REI GEORGE, ANTÁRTICA
Author(s)
Luiz Eduardo Pires Pereira *,**, Erli S. Costa *,**, Adriana R.L. Pessoa *, Juliana S. Souza *,**, Fernando N. Pinto *, Maria A. S. Alves **, João P. M. Torres * & Olaf Malm *
Please Select the Research Field Your Poster Fits Most Closely To
Terrestrial
Author Affiliation(s)
* Laboratório de Radioisótopos Eduardo Penna Franca, Centro de Ciências da Saúde, Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), CEP: 214941-900, Ilha do Fundão, Rio de Janeiro, RJ
** Laboratório de Ecologia de Aves, Departamento de Ecologia, Instituto de Biologia Roberto Alcân
Conference where poster was originally presented
Congresso Brasileiro de Oceanografia 2012
Year the poster was presented
2012
Abstract Text
As aves marinhas antárticas são animais do topo da cadeia alimentar que se alimentam de peixes, krill e outros crustáceos que “pré-concentram” o mercúrio (Hg) ao se alimentarem de organismos como fito e zooplancton (WALSH, 1990; FURNESS & CAMPHUYSEN, 1997; BARGAGLI, 2008). Estas aves também podem ser consideradas dispersoras deste elemento no ambiente e, espera-se que, em solos de áreas com presença de aves encontre-se níveis mais elevados de Hg. O Petrel-gigante-do-sul (Macronectes giganteus) é uma ave pelágica e, portanto, muito dependente dos recursos marinhos oceânicos. Essa espécie vai a terra nos períodos reprodutivos, e mesmo nesse período procuram também alimento em alto mar (CONROY et al. 1972). Reproduz-se em ilhas antárticas e subantárticas, porém fora do período reprodutivo migra por longas distâncias chegando até regiões mais impactadas pela presença do Hg. O Gaivotão (Larus dominicanus) é uma espécie costeira, que se alimenta principalmente dos recursos da região da arrebentação e da praia, especialmente do crustáceo Nacella sp (CORTÉS et al.,2011). Este trabalho teve como objetivo comparar as concentrações de Hg nos solos de colônias de M. giganteus e L. dominicanus da Baía do Almirantado, Ilha Rei George, Península Antártica. Para as análises foram coletadas 20g de amostras de solos de colônias de M. giganteus e L. dominicanus. As análises dos níveis de mercúrio foram realizadas no Laboratório de Radioisótopos Eduardo Penna Franca (UFRJ) utilizando uma metodologia para digestão e analise de níveis de Hg em sedimento (MALM et al., 1989) adaptada para solos. Os resultados foram padronizados com a massa das amostras e foram utilizados níveis de mercúrio em mg kg-1 (ppm). Os primeiros resultados demonstraram diferenças significativas entre os níveis de mercúrio dos solos encontrados em colônias do M. giganteus e de L. dominicanus (Mann Whitney, U' = 32.000; p
Poster picture
Poster PDF
Keywords
mercury
Terms of Submission
  • I agree to the terms of submission.
  • I hold the copyright to this material and grant APECS the right to display this poster.

Contact APECS

APECS International Directorate
Alfred Wegener Institute, Helmholtz Center for Polar and Marine Research
Telegrafenberg A43
14473 Potsdam
Germany
Email: This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Our Sponsors

APECS Directorate Sponsor
AWI WortBildmarke Farbe RGB
Further Sponsors and Partners for APECS projects, activities and events